Planejamento estratégico pessoal x Síndrome de Alice

Já ouviu falar na “Síndrome de Alice”? É uma referência ao clássico da literatura e do cinema Alice no País das Maravilhas. Apesar de o problema ter esse nome carinhoso, ele pode afetar negativamente seu planejamento estratégico pessoal.

Na obra há uma passagem em que Alice encontra o Gato de Cheshire e pergunta a ele qual caminho seguir. O gato responde:

– Para onde você quer ir?

Alice: Não sei.

Gato: Então, qualquer caminho serve.

Perceba o quão reveladora a indicação vazia feita pelo gato pode ser para nossa vida pessoal e profissional.

A Síndrome de Alice pode afetar negativamente seu planejamento estratégico pessoal, mas há formas de identificar o problema e superá-lo

Seu planejamento estratégico pessoal é tão importante quanto o planejamento estratégico da sua empresa

Sabemos que é muito importante ter um bom planejamento estratégico empresarial para o desenvolvimento e o atendimento dos resultados esperados de uma empresa. É importante estar ciente disso mesmo que você seja empregado de uma empresa. Afinal, um dia você pode decidir empreender, não é mesmo?

Seja você empregado, empreendedor ou empresário, é preciso fazer algumas perguntas a si mesmo:

❓ Será que nosso planejamento estratégico pessoal está alinhado com o planejamento da empresa em que trabalho ou que sou dono?

Você tem clareza de sua missão pessoal, de seu propósito de vida, dos valores internos que fazem você se movimentar, dos teus pontos fortes e fracos e de como está sua rede de networking que te possibilitará atingir os objetivos definidos?

Você consegue enxergar claramente seus objetivos de vida?

Se você não sabe qual é a sua missão ou propósito de vida, isso significa que você está vivendo a missão de outra pessoa ou empresa.

Responder as perguntas acima permite visualizar onde você estará daqui a 2, 5, 10 ou mais anos.

O planejamento estratégico pessoal é um meio de desenvolvimento humano que permite tornar as pessoas mais acessíveis às mudanças, mais preparadas para a vida pessoal e profissional, mais produtivas e mais focadas em seus objetivos.

Esse planejamento consiste em fazer com que a pessoa desenvolva estratégias, táticas e ações, de forma sistematizada, que conciliam vida pessoal e profissional, potencializando seus recursos com as oportunidades.

Um grande inimigo do planejamento estratégico pessoal

No meio de tudo isso está a tendência do hábito de procrastinar que, muitas vezes inconscientemente, nos impedem de nos movimentar, como se estivéssemos presos, parados e sem saber o porquê.

🏆 Veja 3 passos para vencer a procrastinação

Interessado em aprimorar tanto seu planejamento estratégico pessoal como a gestão empresarial de sua empresa? Agende uma conversa com a Despertay 🗣

Você vai ter acesso a técnicas que vão lhe permitir ver e sentir como é importante conhecer melhor a si mesmo e gerenciar o próprio tempo. Dessa forma, poderá atingir metas e objetivos mais facilmente e aprenderá a aproveitar cada segundo.

Venha viver essa experiência transformadora!

Continue acompanhando o blog da Despertay. Seguiremos trazendo dicas sobre produtividade para aprimorar a gestão de sua empresa.

Esse artigo foi escrito pela nossa sócia-fundadora e consultora Flávia Santos.

Como podemos ajudá-lo? Tem alguma dúvida sobre o assunto?

Envie um e-mail para despertay@despertay.com.br ou deixe um comentário nesse artigo, para que possamos produzir mais materiais que aprofundem seus conhecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *