Liderança de mercado não é garantia de sucesso eterno

Estar na liderança de mercado não assegura um posto de empresa insuperável e nem garante que o sucesso empresarial seja eterno. Nesta semana, o jornal Estadão deu luz a um importante estudo realizado pela consultoria McKinsey: 88% das maiores empresas da Fortune 500 há 60 anos atualmente não existem mais.

Você pode estar pensando: ok, mas 60 anos é muito tempo. Que empresa dura mais de meio século?

É verdade, uma longevidade empresarial dessas é para poucos no mercado. Porém o agravante diz respeito a outro dado trazido pela coluna Economia & Negócios do jornal:

Em 1955, a expectativa de vida das companhias era de 60 anos. Na década de 1980, passou para 30 anos.

Hoje, é inferior a 15 anos.

Perceba que, aproximadamente a cada 30 anos, a expectativa de vida das empresas reduz pela metade. Um dos fatores para a perda da liderança de mercado e, por vezes, a morte das empresas passa pela tecnologia.

Não estar atento às mudanças tecnológicas e não saber como utilizar ao máximo cada inovação podem colocar a liderança de mercado das empresas em xeque – ou pior, reduzir drasticamente o tempo de vida empresarial.

Mas, pior do que não perceber o potencial das tecnologias que surgem, é não cuidar da saúde da empresa.

De acordo com o a publicação, o elevado número de “mortes” das empresas se deve à incapacidade de engajar funcionários às mudanças proporcionadas pela tecnologia. Outro fator determinante passa pela liderança falha dos gestores, que não se comunicam de forma apropriada com colaboradores e fornecedores, nem se alinham corretamente entre si.

👀 Fique de olho! É provável que a média de idade das empresas diminua em ritmo cada vez mais rápido. Isso porque, além de a concorrência ser mais feroz atualmente, boa parte do mercado atual não consegue acompanhar o ritmo acelerado de mudanças tecnológicas e de modelos de gestão.

Em outras palavras: falta visão estratégica à gestão empresarial de muitos players no mercado moderno.

Como preservar a liderança de mercado e dar vida longa à sua empresa

Sua vantagem competitiva na era digital e interconectada é a própria tecnologia. Inteligência competitiva apurada com decisões tomadas a partir da análise de dados, diagnóstico empresarial periódico e uma mentalidade de aprendizagem em grupo constante (tentar, errar, corrigir os erros rapidamente e avançar) podem assegurar a longevidade da sua empresa muito acima da média do mercado.

Por outro lado, não aproveitar a tecnologia e conceitos modernos de gestão empresarial possivelmente vai fazer sua empresa virar estatística negativa.

Cabe a você decidir o legado que a sua empresa vai deixar ao mundo.

Esse artigo foi escrito pelas nossas sócias-fundadoras e consultoras Flávia SantosSimone Fonteles.

Como podemos ajudá-lo? Tem alguma dúvida sobre o assunto?

Envie um e-mail para despertay@despertay.com.br ou deixe um comentário nesse artigo, para que possamos produzir mais materiais que aprofundem seus conhecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *